FUSO 2008
28 JUL > 1 AGO
       

 

                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
             
 
 
 
thierry de mey
21 ÉTUDES À DANCER
   
    1999, (excertos: études 3, 4, 12, 17, 19 e 20)
© Thierry de Mey / Le Fresnoy

Em terminologia musical o termo "estudo" designa formas de abordar um problema específico: estudo para " arpeggios", para canhotos, etc. A questão é aqui é como fundir sequências de dança com elementos de ficção. Qual o tom correcto, a proporção certa para contar/dançar uma história sem recorrer às técnicas dos musicais ou do ballet? Novas formas de contar uma história: esta é sem dúvida um desafio crítico para a dança de hoje. Vinte e uma micro ficções pelos bailarinos de Cie Michèle Anne De Mey onde o aspecto educacional da experimentação rapidamente dá lugar ao prazer da alegria poética: uma original mistura de insolência terna e pura elegância.