FUSO 2010
28 JUL > 31 JUL
       

 

                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
             
 
 
 
marina abramovic, ulay
CITY OF ANGELS
   
    Alemanha, 1983, 20:09 min
 

De 1975 a 1988, Marina Abramovic e Ulay juntam-se, criando trabalhos artísticos, sobretudo, performances. As performances do início da década de 70, geralmente documentadas em vídeo ou filme, não foram concebidas para a câmara. Iniciam os primeiros trabalhos pensados especificamente como videotapes em 1983, com City of Angels, desenvolvida mais tarde para a Continental Video Series depois de fazerem viagens adicionais. "Para ter o momento o mais originário de uma cultura representada como um ser vivo," escreve Ulay, os artistas começaram esta série de obras onde tentam evocar a essência de uma cultura através de uma representação simbólica do tempo, do lugar e do povo.
O "local sagrado" do metafórico City of Angels é o templo em ruínas de Ayutthaya, na Tailândia, onde, em poses como tableaux vivants, os tailandeses são capturados em imagens super-naturais de um drama visual espectacular. Presos em momentos de gesto ritual, esculpidos no tempo, eles são representados como seres icónicos que encarnam a memória e o espírito da cultura tradicional tailandesa, ao mesmo tempo vivos e mortos. Um texto ritual de Rama VI da Tailândia é o acompanhamento que assombra esta elegia cultural.