FUSO 2011
26 > 30 JUL
       

 

                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
         
                     
          back
 
 
 
filipa brito
A CASA, 2011
OPEN CALL  
    Mini-DV transferido para AVI; 16:9; Cor, som stereo; 15’00”
 

Performance a partir de um texto de Lara morais
Uma casa,
A nossa casa,
A sua minha casa,
Ela observa-a, ela sente-a, ela ouve-a
Como algo que a consome, que lhe bloqueia os movimentos.
É algo recorrente, ela não percebe qual a razão?
Se será pelas memórias passadas na casa, se pelo medo do que há-de vir.
Ela sente um peso imenso, constante, sempre que está dentro daquele espaço.
Uma inercia se apodera dela,
Sendo o único movimento praticado, a limpeza do espaço.
A melancolia associada à inoperância,
Transforma-a num animal doméstico,
Que ronda a casa de um lado para o outro,
Fazendo o reconhecimento daquele espaço que lhe é familiar.
Ela age de forma inoperante,
E de segundo em segundo, os não-movimentos apoderam-se dela,
O tronco encontra-se com os membros inferiores, e fica, quieto, inanimado