“PINE FLAT”

Sharon Lockhart

 

 

O recente filme e projeto fotográfico de Sharon Lockhart – uma instalação dos 12 planos da longa-metragem, projetados em loop em projetores de 16mm – é um retrato sobre os jovens de Pine Flat, uma pequena comunidade rural, na Califórnia.

A predileção de Sharon Lockhart por planos longos e composições estáticas está patente em Pine Flat. Filmado em 12 planos-sequência, captura momentos de fragilidade, inocência, brincadeira e, também, de tristeza, dos jovens desse lugar. Filmado ao longo de dois anos e meio, o filme situa-se entre o retrato documental e o desejo de estabelecer uma narrativa. Para conseguir criar uma relação de confiança com a comunidade, a artista abdicou de uma equipa de rodagem, fazendo ela própria a imagem do filme. Desta forma, consegue dar uma visão íntima da vida rural nos dias de hoje, focando-se nas interações entre as crianças dessa comunidade, criando um espaço de encontro entre a artista e as crianças, para revelar a dinâmica das relações pessoais.

A instalação é pensada de forma a proporcionar a experimentação/vivência de trabalho em tempo real (time based work), levando o espectador a ver cada segmento com a atenção normalmente dispensada a obras “estáticas”, como a Pintura.

Também em exposição estarão 20 fotografias da série “Pine Flat Portrait Studio”, dos jovens retratados no filme, fotografadas num estúdio improvisado num celeiro de Pine Flat.

Sharon Lockhart tem uma sólida reputação a nível internacional enquanto artista visual, fotógrafa e realizadora.

 

(EN) Synopsis

Los Angeles-based artist Sharon Lockhart’s newest film and photographic project, an installation of photographs and feature-length 16mm film loops, looks at the youth of Pine Flat, a rural community in California.

Lockhart is internationally recognized for her films and photographs that frame the quiet moments of everyday life while exploring the subtle relationships between the two mediums. Pine Flat was shot over the course of three years in a small town in the foothills of the Sierra Nevada Mountains of northern California and is the artist’s first project to center on a community in the United States. By slowly immersing herself in the life of the town, relinquishing a professional film crew, and operating the camera herself, she created an exceptionally intimate view of contemporary rural life that focuses on the interactions of the community’s children who engage in everyday activities in stunningly beautiful natural landscapes. In Pine Flat, she creates a space of mutual encounters between the artist and the children that illuminates the dynamics of personal exchange.

The gallery installation embraces the various ways that time-based work can be experienced in this setting. The film, divided into the 12 segments that comprise it, will be shown as individual loops in darkened viewing rooms, thus allowing the viewer to experience the film differently than they would in a theater and to perceive each segment with the close attention normally reserved for static works like paintings.

Also, on view will be 20 photographic portraits of the children from the series Pine Flat Portrait Studio shot in a makeshift studio set up in a barn in the town center.

Ficha técnica