“KALEIDOSCOPE”

Filipe Viegas, André Gonçalves

 

Em “Kaleidoscope” os criadores apresentam um espectáculo de “retorno à coreografia”, no seguimento dos trabalhos anteriores de Filipe Viegas. Um corpo que retorna ao movimento abstracto e ao ritmo coreográfico, despido de personagens e adereços.

Esta pesquisa coreográfica é a base do que se passa em cena. Ao vivo, é trabalhada digitalmente, manipulada e reconstruída, utilizando a tecnologia, não como fim, mas como meio para atingir um fim: a metamorfose e regeneração de um corpo plástico, uma escultura mutante, sem certezas da sua forma ideal, que se questiona sobre os seus limites físicos. Um corpo que se multiplica em sentidos e sinais, referências que denunciam o nosso estado de espírito.

 

(PT) Ficha técnica

Ideia Original, Coreografia, Interpretação Filipe Viegas
Cocriação Filipe Viegas e André Gonçalves
Multimédia André Gonçalves
Desenho de Luz Filipe Viegas
Músicos Gonçalo Silva e Rodrigo Dias
Produção Bomba Suicida
Estaleiro festival TEMPS D’IMAGES 2005 / DUPLACENA (Lisboa) com Bomba Suicida (Lisboa)

 

(EN) Synopsis

Kaleidoscope it’s a show that is a “return to choreography,” following the earlier work of Filipe Viegas. A body that returns to the abstract movement and choreography rhythm, stripped of characters and props.

This choreographic research is the basis of what is happening on stage. It’s a digital work, manipulated and rebuilt, using technology, not as an end but as means to an end: the metamorphosis and regeneration of a plastic body, a mutant sculpture, uncertain of its ideal form, which asks about their physical limits. A body that multiply itself in senses and signs, references that reveal our mood.

 

(EN) Credits

Original Idea, choreography, interpretation Filipe Viegas
Co-Creation Filipe Viegas and André Gonçalves
Multimedia André Gonçalves
Light Design Filipe Viegas
Musicians Gonçalo Silva and Rodrigo Dias
Production Bomba Suicida
Co-production Festival TEMPS D’IMAGES 2005 / DUPLACENA (Lisbon) with Bomba Suicida (Lisbon)

Ficha técnica

Conceito Rodrigo Garcia
Desenvolvimento e Interpretação Ruben Ametllié, Juan Loriente e Juan Navarro
Colaboração Nieves, Candela, Yago e Banda Filarmónica de Montemor-o-Velho
Desenho de luz Carlos Marquerie
Música Juan Navarro (Panasonic)
Figurinos Mireia Andreu e Jaume Martinez (mecanica.com)
Desenho das projeções Rámon Diago (maelstom.com)
Vídeo Rodrigo Garcia
Montagem Susana Paiva e Javier Marquerie
Adereços Catarina Oliveira
Fotografia Pedro Medeiros
Tradução dos textos para português Tiago Rodrigues
Coprodução Citemor — Festival de Montemor-o-Velho e La Carniceria Teatro
Apoio INAEM e Consejería de las Artes de la Comunidad de Madrid